Chá de quebra-pedra: Benefícios e tratamentos

O chá de quebra-pedra muito utilizado como um chá para infecção urinária e para quem tem pedras no rins, vem sendo cada vez mais popular pelo seu uso de baixo custo nos tratamentos e muito bem recomendado para quem sofre de problemas urinários. O termo de quebra-pedra é a designação comum a várias plantas do gênero Phyllanthus, da família das euforbiáceas que também pode ser conhecida popularmente como Pimpinela branca, Saxífraga, Arranca-pedras, Quebra-panela, Conami ou Fura-parede. Nascida em pequenos espaços entre pedras, ela é uma planta que é facilmente encontrada em quintais e fendas de muros.

O chá é muito recomendado por médicos na remoção de cálculos renais e para tratamento de infecção urinárias, além de suas propriedades antidiabética, aperiente, diurética, sodorífera, antigota, hidropsia, prostatite e artrite.

Veja outros benefícios que o chá oferece:

Benefícios do chá de quebra-pedracha-de-quebra-pedra

  • Trata e previne cálculos renais
  • Trata infecções urinárias
  • Efeito diurético
  • Previne pedras na vesícula
  • Controla a glicemia
  • Trata aftas e infecções na garganta
  • Anti-inflamatório
  • Melhora a prisão de ventre e diarreias
  • Combate hepatite B
  • Anti-oxidante
  • Combate câncer
  • Edema nefrítico

Como preparar o chá de quebra-pedra

Parar preparar o chá de quebra-pedra é necessário utilizar 4 gramas de folhas ou 01 colher de sobremesa para cada xícara de água, adicionando o quebra-pedra em ponto de fervura e manter de 8 a 10 minutos com o chá tampado, coar e beber o chá morno e de preferência sem açúcar.

Como tomar e onde encontrarcha-para-infeccao-urinaria

Para obter os benefícios do chá de quebra-pedra, deve-se consumir 3 xícaras do chá por dia. O uso em excesso pode fazer mal pelo seu efeito diurético acarretando a perca de alguns nutrientes do nosso organismo.

O produto geralmente é encontrado em farmácias e em lojas de produtos naturais.

Contraindicações

Não é indicado para crianças menores de 6 anoa, mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Não tomar o chá por mais de 3 meses seguidos, podendo fazer uma pausa entre algumas semanas para recomeçar o tratamento.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *